Princípios

Educação por Princípios

Educação por Princípios é o nome da nossa abordagem educacional. Ela funciona com base em 3 pilares: Filosofia, Metodologia e Currículo.


FILOSOFIA – Por quê?
Centrada na moral cristã, tendo Cristo como fundamento e modelo.
CURRÍCULO – O que?
Define um contexto de aprendizagem consistente, integrando as disciplinas sob a perspectiva da soberania de Deus e Seu propósito na Criação. É comunicado como uma experiência viva do professor para o aluno, por meio de seu exemplo e domínio da matéria.
METODOLOGIA – Como?
Desenvolve o raciocínio criativo, constrói o conhecimento por meio da pesquisa e fundamenta o aprendizado na aplicação de princípios bíblicos.
Assim, promovemos a formação do pensamento ético e moral do discente com base em princípios definidos por Cristo, a saber: soberania, caráter, individualidade, aliança, liderança, mordomia, autogoverno e semear e colher.


Conhecendo um pouco sobre cada princípio:


1 – Soberania:
O princípio da Soberania nos ensina que Deus é Senhor sobre todas as coisas, Ele é o supremo soberano de todo o universo. Ele é o Criador de todas as coisas, em todo o Universo. Todas as coisas existem porque Ele as fez e continuarão a existir enquanto Ele as sustentar.
Por que nós nascemos? Por que o sol só aparece de dia? Por que as estrelas que estão no céu não caem na nossa cabeça? Por que existem tantos animais diferentes? E quantas outras centenas de perguntas podemos fazer, para as quais os homens buscam respostas na ciência, mas a única resposta está na soberania de Deus? Deus assim o fez! Para que? Para que pudéssemos contemplar as Suas maravilhas e reconhecêssemos o Seu poder e majestade.
2 – Caráter:
“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra”. Gênesis 1:26
Quando o Senhor Deus fez o homem o ser mais perfeito de toda a sua criação, Ele implantou nesse homem o seu caráter para que pudesse em si mesmo demonstrar toda a magnitude do Eterno, por meio de seus atos. Quando nós aceitamos Jesus, recebemos o caráter de Cristo.
3 – Individualidade:
“Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros”.
Deus criou todas as coisas com identidades distintas. Diferente de tudo o que foi criado, Deus criou o homem com personalidade e capacidade para sonhar, pensar e decidir. Além das características físicas, temos personalidades e pensamentos diferentes uns dos outros, isso se chama individualidade, ou seja, não existe ninguém igual a você.
4 – Aliança:
DEUS CRIOU TUDO PARA ESTAR EM HARMONIA E EQUILÍBRIO, ELE QUER QUE APRENDAMOS A VIVER EM UNIDADE COM ELE E UNS COM OS OUTROS.
“Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos”. Salmos 133.1
“Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade.” Eclesiastes 4.12
Aplicando o princípio:
O homem não é autossuficiente, é necessário reconhecer os pontos fortes e fracos. E é por meio dos relacionamentos que podemos nos ajudar mutuamente a crescer em sabedoria e maturidade.
A fonte para a harmonia de todos os relacionamentos deve ser o amor a Deus e ao próximo, assim como Jesus nos amou.
5 – Liderança:
Liderança é uma palavra que está na moda. No passado, líder era aquele que “dava ordens”, não aceitava sugestões nem podia ser questionado. Mas as coisas mudaram. Hoje, o que está em destaque é a figura do líder servidor, cujo maior exemplo é Jesus. Líder é aquele que inspira, anima e conduz as pessoas.
No entanto, ninguém nasce líder, a liderança é algo que se constrói e se desenvolve com o tempo. Para ser líder é preciso aprender! E podemos aprender através dos princípios de liderança deixados por Jesus e por grandes personagens bíblicos. Por meio da Palavra de Deus podemos retirar princípios, valores e competências, que como líderes cristãos, precisamos desenvolver, a fim de sermos uma benção para o mundo.
6 – Mordomia:
DEUS É O PROPRIETÁRIO DE TODAS AS COISAS E DÁ AO HOMEM A RESPONSABILIDADE DE ADMINISTRAR OS RECURSOS INTERNOS E EXTERNOS.
“E tomou o SENHOR Deus o homem e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.” Gênesis 2:15
Aplicando o princípio:
Administrar, cuidar, zelar, proteger, conservar uma propriedade, utilizar ou desenvolver nossas habilidades, preservar a natureza, administrar o tempo com responsabilidade, cuidar dos objetos que recebemos, organizar e limpar o espaço individual e comum.
7 – Autogoverno:
SUBMETER A MINHA VONTADE EM OBEDIÊNCIA A DEUS É A MARCA DA LIBERDADE. À MEDIDA QUE APRENDEMOS A GOVERNAR AS ÁREAS DE NOSSA VIDA, PODEMOS INFLUENCIAR DE MANEIRA POSITIVA OUTRAS PESSOAS E SITUAÇÕES.
“E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas, da árvore do conhecimento do bem e do mal dela não comerás…” Gen. 2 16,17
Aplicando o princípio:
Deus deu ao homem a capacidade que só o ser humano tem de raciocinar para poder decidir. O autogoverno é a capacidade de controlar suas atitudes em qualquer lugar, é por isso que somos capazes de cumprir as regras sem dificuldades, mesmo que não gostemos delas.
8 – Semear e Colher:
DEUS ENSINA QUE O HOMEM COLHE AQUILO QUE SEMEIA, QUE PARA CADA AÇÃO HÁ UMA REAÇÃO; TUDO QUE PLANTAMOS COLHEREMOS NA MESMA PROPORÇÃO.
“… porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.” Gal 6:7
Aplicando o princípio:
Tudo o que eu quero que façam a mim, vou fazer para os outros: respeito, amor, gentileza, obediência…

Fechar Menu
WhatsApp Contato via WhatsApp